Blog do Júnior Bocelli

Estudos bíblicos, reflêxões, devocionais, histórias e artigos em geral.

Saindo do caminho largo dos escribas e fariseus

Saindo do caminho largo dos escribas e fariseus

Esse texto foi escrito pelo irmão Márcio Ruzon da comunidade do Orkut “Caio Fábio – Leitores/Ouvintes”. Achei-o muito interessante e resolvi colocá-lo, já que estou sem tempo para escrever.

Aí vai o texto.

Chega! Basta! Não perderei mais meu tempo entrando nesse site de relacionamentos doravente denominado Orkut.

Vou seguir um sábio conselho de um homem de integridade notável, o Bispo Macedo, e não vou mais acessar esse “antro do diabo que destrói cristãos”. Não vou mais, parei!

Vou sair da comunidade do Caio Fábio, deixar de ver seus sites e melhor: Não vou mais nem me reunir com os “Caminhantes”, nem fomentar sua adesão. Não dá mais!

Eu estava satisfeito com minha vida cristã ao bom estilo “bumerangue”, onde eu mando umas palavras pra Deus e em troca ele abre as comportas do céu. Eu estava feliz exigindo que Ele restituisse o que era meu, a despeito das causas e efeitos da minha perda.

Vou boicotar esse Evangelho da Graxa, que, segundo os “manjadores de Bíblia”, desliza pra todo lado, não tem base sólida. Eu, inocente, achando que a “Graxa” lubrificava minha alma para eu não me arranhar tanto com Deus e com as pessoas e, caso isso acontecesse, não desgastasse sem propósito meu coração. Ledo engano!

Cansei de ouvir e ler esse caído aí! Que moral um cara tem pra falar de Deus, depois de tudo o que passou? Tudo bem que Davi, Salomão, Paulo, Abraão, Isaque, Jacó também tiveram histórias semelhantes, mas comparar não dá, eles são eles, eu sou eu , Caio é Caio e jacaré é um bicho. Ah, e Deus é Deus!

Não posso mais compactuar com esse evangelho do ” Jesus é humano, portanto, espera isso de nós”. Que ultraje! Eu quero é voltar a ver ventos, sons, anjos, bandejas, trovões… minha fé precisa se materializar em algo, do contrário eu não caminho. Agora que estou aprendendo que o Evangelho NECESSITA de duas pessoas para ter vida, o que vou fazer com os badulaques que comprei para me relacionar com Deus? Caixinha de promessas, Adesivos, Chaveiros… droga, preciso recuperar tudo isso, era mais fácil!

Vou boicotar esse pessoalzinho do Caminho e suas empatias manipuladoras. Caramba, eu estava acostumado a me abrir na religião e ouvir de volta: – Vai orar!

Agora, quando desabafo com os “do Caminho”, muitos querem ouvir detalhes, como, onde , quando… e o pior: Querem que eu procure ajuda “também” humana.

Se estou doente, me mandam tomar remédio. Feliz eu era quando minha espiritualidade estava em alta na religião. Eu ficava doente e determinava a cura. Queimando em febre, eu amarrava o valente. ( Tem Tylenol em casa, mas não vou dar esse gostinho para o capeta).

Vou boicotar as músicas, as mensagens e toda quinquilharia que vier do Caminho, até porque, de tão simples, chega e nem ter crédito. Eu era feliz quando ia na Escola Dominical e aprendia todos os nomes de Jeová, assim, quando eu orasse, eu invocasse corretamente meu Deus:

Se eu estivesse com fome , era só orar: Jeová Rafa! ( ah não , esse é para quem está doente, o certo é Jeová Jiré).

Não quero mais que me enviem scraps perguntando como está minha família, essa demonstração de amor aqui na comunidade invade minha privacidade, e aprendi na religião que quem invade é o diabo, Jesus pede licença! Portanto, me chamem apenas de irmão que está bom, muita intimidade atrapalha, tenhamos contato apenas eventuais.

Por fim, gostaria de parabenizar a todos que lutam contra esse bando de “revolucionários”, essa plebe maldita que nada sabe da lei, esse câncer no cristianismo, pois sem eles, poderemos voltar para nossas gaiolas e esperar que nossos donos tragam a quirera e a água de tempos em tempos. Isso de caçar alimento cansa! A gente voa alto, mas queima muitas calorias.

Agradeços aos “defensores da fé” por terem feito eu enxergar que o Evangelho da Graça nada mais é que um viver simples com Deus e com o próximo. Que tédio isso!

Márcio Ruzon

Categorias: Artigos, De outros autores

Escrito por Júnior Bocelli

Júnior Bocelli tem 31 anos, é Bacharel em Física, mas se deu bem mesmo trabalhando como web designer e professor; CEO da iCriação - Sistemas Web e Desktop e funcionário público. Amante de Jesus e do Evangelho, dedica parte do seu tempo a ajudar pessoas que querem Deus, mas não suportam mais a religião.

2 Comentários so far.

  1. Marcio Ruzon says:

    Cara, valeu por multiplicar essa minha adorável ironia!

    Amo tua vida! Rsrsrs

  2. Domingos says:

    OBRIGADO AO JB POR TER POSTADO ESTE TEXTO. MUITO BOM, IRÔNICO E ACIMA DE TUDO 100 POR CENTO VERDADEIRO. MANDA MAIS, QUERO MAIS


Conheça também